Diário de Gravidez: 4 a 6 semanas

Diário de Gravidez: 4 a 6 semanas – Como descobri que estava grávida!

Olá pessoal! Diário de Gravidez: 4 a 6 semanas

O post de hoje, Diário de Gravidez: 4 a 6 semanas, está cheio de informações interessantes e também o primeiro de uma longa série: diário de gravidez! Toda segunda-feira terá posts relacionados à gravidez  com temas diferentes e muitas informações. Gradivinhas fiquem ligadas!

No vídeo eu conto como descobri que estava grávida e como eu estava me sentindo nessas primeiras semanas (4 a 6 semanas). Também, as diferenças que eu percebi da gravidez do Francisco para essa segunda gravidez.

Abaixo do vídeo há algumas informações sobre o que está acontecendo com o bebê nessas semanas (4ª a 6ª). O desenvolvimento do bebê, o tamanho dele, e outras informações (farei isso em todos os posts da série).

 

Como vocês podem perceber o blog mudou totalmente, tudo novo! A programação do blog também mudará e será a seguinte:

Segunda-feira: Gravidez;

Quarta-feira: Maternidade/Filhos;

Sexta-feira: Resenha de produtos (Eu testei!);

Domingo: Vida de mãe: beleza, casa, organização, receitas, alimentação, etc.

 

Vídeo: Como está sendo as minhas primeiras semanas:

(Para obter a melhor qualidade assista o vídeo em HD!)

Detalhe: Se você não sabe em qual semana da gravidez você está, mas tem interesse em descobrir, clique aqui e calcule.

 

Como está o desenvolvimento do bebê nessas semanas?

 

4ª semana de gravidez:

Diário de Gravidez: 4 a 6 semanas

Desenvolvimento fetal: Na 4ª semana o feto é menor que um grão de arroz (e quando nasce a gente quase não acredita que se tornou um bebê tão grande e lindo s2). O tamanho é menor do que 2 milímetros.

A coluna, canal espinhal, o sistema digestório e os brotos que se tornarão as mãozinhas e os pezinhos começam a se formar nessa semana.

O tubo neural (a partir de onde vão brotar o cérebro, a espinha dorsal, a medula espinhal) e os nervos se desenvolve na camada superior. O coração e o sistema circulatório começam a aparecer na camada do meio. Ao mesmo tempo, já estão funcionando uma primeira versão da placenta — as vilosidades coriônicas –, e o cordão umbilical, que leva nutrientes e oxigênio para o bebê.

 

5ª semana de gravidez:

Diário de Gravidez: 4 a 6 semanas

Desenvolvimento fetal: O tamanho do feto ainda não é maior que um grão de arroz. Nessa fase todos os blocos que darão origem aos órgãos vitais do bebê já estão formados. A circulação do sangue entre o bebê e a mãe já está acontecendo e microscópicos vasos sanguíneos começam a se formar. O embrião recebe oxigênio através da placenta e o saco aminótico está formado. O coração começa a se formar e ainda é do tamanho de uma semente de papoila.

Nesta semana o coraçãozinho começa a bater, embora nesta fase o embrião tenha mais a aparência de um girino que de um ser humano.

Os principais órgãos, como os rins e o coração, estão se desenvolvendo, e o tubo neural, que liga o cérebro à medula espinhal, se fecha. Neste momento é fundamental que você tome um suplemento de ácido fólico (é importante começar a tomar 3 meses antes de engravidar ou a partir do momento que descobrir a gravidez), pois  ele ajuda a prevenir defeitos do tubo neural e diversas falhas no desenvolvimento do bebê.

 

Você pode sentir:

  • Sonolência, o cansaço excessivo e os enjoos matinais, e por isso é importante à grávida descansar sempre que possível;
  • Aumento do metabolismo devido o trabalho que seu corpo precisa fazer para o desenvolvimento do bebê;
  • Aumento do ritmo cardíaco e da respiração, pois é necessário enviar oxigênio para o bebê, deixando a grávida quase sempre sonolenta e cansada;
  • Repugnância a certos alimentos e enjoos frequentes, que podem acontecer a qualquer hora do dia, sendo mais comum de manhã ao acordar.
  • Aumento do tamanho do útero, embora ainda não seja facilmente percebido por todos;
  • Aumento do volume de sangue para encher os novos vasos sanguíneos da placenta e dos órgãos do bebê;
  • Mamas mais doloridas e pesadas, podendo sentir um leve formigueiro nos mamilos, devido as alterações hormonais;
  • Aumento da fome, mas é uma fase onde o bebê precisa de muitos nutrientes para se formar, então, é necessário manter uma alimentação balanceada (o indicado é buscar auxilio de um profissional da área).;
  • As alterações emocionais na gravidez incluem: sensibilidade (ficamos choronas), nervosismo (muito bravas) e ansiedade (“cheias de minhocas na cabeça”. Enfim, quem nos aguenta? Brincadeira! É um momento em que precisamos muito do apoio emocional das pessoas que nos amam e convivem com a gente. É um fase delicada, cheia de mudanças e alterações hormonais (como toda gravidez).

 

6ª semana de gravidez:


Desenvolvimento fetal:
O tamanho do feto é de aproximadamente 4 milímetros (tamanho de uma lentilha). Durante o desenvolvimento do feto com 6 semanas de gestação pode-se observar que apesar do embrião ser muito pequeno, se desenvolve muito rápido. O ritmo cardíaco é mais facilmente observado num ultrassom, mas a circulação sanguínea é muito básica, com o tubo que forma o coração enviando sangue para o comprimento do corpo.

Os pulmões vão demorar quase toda a gravidez para estarem devidamente formados, mas nesta semana, começa este desenvolvimento. Um pequeno rebento de pulmão surge dentre o esôfago e a boca do bebê, formando a traqueia que se divide em duas ramificações que vão formar os pulmões direito e esquerdo.

A cabeça é desproporcionalmente maior do que o corpo. Os traços faciais ainda estão em formação e, no momento, existem manchas escuras no lugar dos olhos, nas aberturas onde estarão às narinas e também já existem pequenas saliências marcando as orelhas.

Os botãozinhos que serão os braços e pernas estão ainda mais evidentes essa semana. Enquanto isso, as mãos e os pés do embrião são achatados. Já crescem também a hipófise e as fibras musculares.  Ainda no meio dessa semana, o embrião vai começar a se mexer, mas você só deverá sentir os movimentos dele mais tarde (mais ou menos na 20ª semana se é a sua primeira gestação e se for a segunda é possível começar a perceber na 17ª semana).

 

Você pode sentir:

Em relação à mulher com 6 semanas de gestação, esta ainda não deverá apresentar o crescimento da barriga, mas a vontade de urinar pode ser mais frequente e isto ocorre porque o sangue está sendo bombeado em maior quantidade, e ao ser filtrado nos rins, produz mais urina.

À medida que o útero cresce, pressiona a bexiga, que não consegue se expandir como antes e a sensação de estar com a bexiga cheia acontece mais cedo. Se sentir dor ou ardência ao urinar, fale com o médico, pois pode ser uma infecção urinária, que deve ser tratada com o uso de medicamentos.

Observação: É muito importante considerar que cada bebê se desenvolve em um ritmo diferente, portanto, essas informações são apenas uma ideia geral do desenvolvimento do bebê, não são exatas.

*Fontes: BabyCenter, Tua Saúde e Gestação Bebê.

 

Diário de Gravidez: 4 a 6 semanas

(Se você -assim como eu- se sente um pouco perdida na contagem dos meses de gravidez essa imagem será muito útil!)

 

Não deixe de nos contar como você se sentiu ou está se sentindo nessas semanas também!

 

Beijinhos!




2 Comentários em "Diário de Gravidez: 4 a 6 semanas – Como descobri que estava grávida!"

avatar
Organizar por:   mais novos | mais antigos | mais votados
Gabi
Visitante
Gabi

Oi Ana tudo bem? tenho 16 anos, estou enjoando muito, vomitando todos os dias (Que não é comum no meu dia a dia) e dormindo praticamente o dia todinho. Não consigo comer feijão por causa do cheiro (Que antes eu amava), só que fazem 8 dias que tive relações desprotegidas. Acho muito cedo pra aparecer algum sintoma. Pode não ser gravidez? me ajuda por favor. Bjks.

wpDiscuz