Iniciando e Montando o Enxoval de Bebê (Parte I)

O Enxoval de Bebê (Parte I)

Neste post vou apresentar Um guia especial com o objetivo de ajudar as mamães e os papais que estão iniciando e montando o enxoval de bebê (É como se fosse a Parte I).

Nós, mães, logo que engravidamos uma das primeiras coisas que pensamos é no enxoval de bebê, nas roupinhas fofas, tudo lindo e pequeno.  Depois que descobrimos o sexo do bebê então, tudo fica mais gostoso e nos chama mais atenção. Fazer o enxoval é a coisa mais empolgante e prazerosa do mundo. Preparar a chegada do nosso (a) pequeno (a), escolher o que irá usar pela primeira, segunda, terceira vez, combinar os looks, uma delicia!

Comigo foi assim, depois que descobrimos que teríamos um menino, tudo que eu via era azul, sapatos, camisas e eu achava tudo lindo, mas o que realmente eu precisava? O que realmente o Francisco iria usar? Como boa “mãe de primeira viagem” não fazia ideia do que comprar, só olhava as coisas mais fofas. Então, recorri as milhares de listas que tem pela internet (6 bodys, 6 culotes…) e mais ou menos nisso me baseei.

 

1- Dicas para quem está iniciando e montando o enxoval de bebê:

a) Baseie-se em listas prontas, mas adapte-as as suas convicções e necessidades (vou postar a minha lista nos posts seguintes).

Se o seu sonho é ter vários calçados (mesmo sabendo que o bebê não vai usar muito), invista, nada é mais gostoso do que fazer as coisas como sonhamos e ficar horasss admirando.

b) Preste muita atenção no clima que o seu filho irá nascer (extremamente importante), pois tem grandes diferenças no enxoval de verão e no enxoval de inverno (em breve escreverei as diferenças).

c) Compre poucas roupas tamanho M ou G. Você deve estar se perguntando, porque?? Vou explicar:

Observe que nas etiquetas das roupinhas de bebê vem descrito: RN (0 a 1 mês), P (1 a 3 meses), M (4 a 6 meses), G (6 a 9 meses), GG (9 a 12 meses) e XG (12 a 18 meses). Algumas vêm um pouco diferente, por exemplo, apenas o mês que é indicado (6 meses) ou como as roupas da Tigor (adoro), PB, MB, GB, mas a maioria segue a mesma regra.

Além de cada marca ter um tamanho diferente, tem alguns M’s maiores que G’s e assim vai. Eu realmente não sei para quem são essas medidas, ou se os bebêes seguem esse tamanho de crescimento. Para o Francisco não funcionou, ele usa G com 5 meses ou um M grande. Algumas roupas que comprei tamanho M para usar no verão já não servem mais. Então, o interessante é comprar até 3 meses, comprar o que seu filho vai precisar logo no início.

Conforme ele (a) for crescendo, você vai comprando as roupas e calçados de acordo com o tamanho correto Atualmente preciso levar o Francisco nas lojas e provar as roupas, pois ele está em uma fase onde usa vários tamanhos e cansei de chegar em casa, provar a roupa e não servir. Ele vai junto, se diverte e acabou o problema.

Com o tempo os nossos gostos para roupa mudam (no primeiro mês usei roupas em tons claros, hoje já prefiro as mais coloridas) e você irá descobrir o estilo que mais gosta, os tecidos, marcas preferidas, as novidades e lançamentos. Então, eu prefiro ir comprando conforme a necessidade, sem acumular, não enjoo e não corro mais o risco de comprar e não usar.

Aproveitando…  No meu chá de bebê pedi roupas tamanho M, pensando em usá-las no verão, algumas até consegui (as maiores) usar, mas outras, que ganhei com muito carinho, nem cheguei a colocar no Francisco, chegou o verão e não servia mais, uma pena!

Se você for fazer compras fora do país e precisa comprar todos os tamanhos, eu indico comprar algumas coisas maiores e analisar a diferença de tamanho de cada marca.

d) Compre roupas confortáveis e preste atenção nos detalhes: Comprei várias peças de roupas lindas, de “homenzinho”, mas muito difíceis de vestir e acabei não usando ou usando uma única vez. Eram cheias de botões (alguns impossíveis de fechar), aberturas nas laterais, estampas que machucam, detalhes inimigos do dia a dia.

Um recém-nascido precisa do oposto disso, precisa de conforto, de roupas fáceis de vestir, macias, práticas, sem muitas golas ou capuz. Logo que os bebês nascem são tão “molinhos”, sensíveis, tão pequenos e nós com pouca ou nenhuma experiência, sofremos para vestir aqueles “mini seres”, então por que complicar?

Recomendo ter poucas peças dessas “glamorosas” logo no inicio (tipo RN). Mais tarde podemos abusar um pouco mais.

Sugestão: Depois de comprar algumas roupas desconfortáveis comecei a testar os tecidos. Quando vou comprar uma roupa para o Francisco, coloco meu braço dentro da roupinha e sinto se ela é realmente macia, sem tem alguma estampa que “pinica” ou machuca e só depois de testar eu compro.

As roupas de lã não fizeram sucesso aqui em casa, usei algumas de fio e aprovei. Não investiria em muitas peças.

 

2- Itens indispensáveis para quem está iniciando e montando o enxoval de bebê:

a) Macacões (ou como muitos dizem tip top): Prefira os macacões com abertura tradicional, os botões na frente, que é mais fácil de vestir. É só deitar o bebê sobre a roupa e colocar um bracinho, uma perninha por vez, prático e rápido. Fechamento sem botões no meio (veste-se pela cabeça e fecha-se embaixo), e outro que eu adoro é aqueles com zíper (super prático).

Exemplos:

Enxoval de Bebê

Os macacões com “fechamentos mirabolantes” (fecha na cintura, transpassa pelo ombro, credo!) não são práticos e eu tenho a sensação que incomodam o bebê, não recomendo.

 Usei os seguintes tecidos: Plush, Soft e uma malha mais grossa (que comprei na China, no site AliExpress). Conforme foi esquentando comecei a usar as malhas mais finas (minha marca preferida é Get Baby, pois é muito confortável).

b) Bodies: Com certeza foi o item que eu mais usei e uso do meu enxoval. De preferência aos tecidos 100% algodão, suedine ou tecidos mais maleáveis, que esticam, os mais macios. Tome cuidado com botões nas costas, as vezes eles machucam, deixando a pele marcada. Geralmente os bebês dormem virados de barriga para cima (conforme a indicação correta), ficando horas deitados sobre esses botões.

Prefiro os bodies com botões no ombro ou sem botões, como esses:

Enxoval de Bebê

De preferência para os bodies de cores claras, as famosas “cores bebês” (branco, bege, rosa bebê, azul bebê…). Se o seu filho nascer no inverno você sempre irá usar um body, uma calça e um macacão por cima, se o body for muito colorido, vai aparecer. Comigo aconteceu muito isso e é uma novela (escolhe, escolhe, aparece a gola, troca, escolhe).

Muitos especialistas indicam usar cores claras logo que o bebê nasce, seja para o quarto ou para as roupas, pois é menos estimulante. Os bebês se sentem mais confortáveis e por experiência a gente também.

Lembrando que Boby de manga comprida se usa tanto no inverno, como no verão também. Roupas RN muito curtinhas são usadas apenas em regiões muitooo quentes. Vale a pena investir nas mangas longas.

Enxoval de Bebê

 Algumas marcas que gosto (abaixo uma lista completa das marcas que indico)

 .

c) Calça, culote ou mijãoExistem vários modelos, com pezinho, sem pezinho (tradicional), canelada, e as com pé reversível. O tecido vale a mesma regra dos Bodys, 100% algodão, com elastano, algodão egípcio, suedine, caneladas, enfim as mais confortáveis.

Antes de engravidar muitas pessoas me falavam para não comprar calças com pé, pois serviria por pouco tempo e isso é verdade, mas eu adorei essas calças e usei muito. Quando o Francisco nasceu era inverno e tínhamos que colocar várias roupas, então essas calças facilitavam, pois não é necessário usar meias e elas não soltam da calça (crianças que se movimentam bastante, às vezes “perdem” as meias dormindo, essa calça é ótima para isso). São confortáveis, vale a pena ter algumas no enxoval.

As calças com pé reversível não me agradaram muito (mas conheço mamães que amam), pois o Francisco tinha e tem a perninha bem gordinha, elas apertavam e a perninha ficava marcada, acabei não usando. Isso serve para os macacões de inverno também, muitos vêm com esse estilo de pé e são mais apertados ainda (cheguei até a cortar alguns).

As calças caneladas, as bem simples, que nós usávamos (das vovós), são ótimas, leves, fáceis de vestir e bem baratinhas. O Único ponto negativo é que é difícil de achar as mais macias e finas, agora elas vem com um tecido mais grosso e firme.

Iniciando e Montando o Enxoval de Bebê (Parte I)

 

d) Casacos e Suéters: Ganhei alguns casacos e acabei não usando, pois dei preferencia aos Bodies e macacões. Suéter eu usei, além de serem lindos, são mais finos e confortáveis. Outro modelo que eu adoro são os moletons com zíper, muito confortável e ótimo para o dia a dia. É interessante ter um ou dois e de acordo com a estação (mais grosso no inverno e mais fino para os dias frescos de verão).

Enxoval de Bebê

(Preferidos do Francisco – O Azul Noruega Baby e o vermelho eu não lembro a marca, pois cortei a etiqueta para não incomodar)

 

e) Toucas: Itens mais utilizados no inverno (mas é bom comprar pelo menos uma no verão). Eu usei muito, vale a pena investir nas mais grossas se o seu bebê nascer no frio. Dica: Não compre muitaaas, uma para cada cor de roupa, por exemplo, logo eles crescem e a gente acaba nem usando (eu fiz isso hehe…).

 

f) Luvas: Usei muito, não apenas por ser inverno, mas o Francisco nasceu com unhas “super afiadas” e grudadinhas no dedo, na pele. Tivemos que esperar uns dias para conseguir cortar curtinhas (as do pé eram até engraçadinhas, ficaram coladinhas mais de um mês). Então, utilizei as luvas para proteger ele, pois os recém-nascidos não tem controle dos seus movimentos finos e acabam se arranhando, se machucando. De todos os modelos e tecidos  que comprei, os meus preferidos são as de malha, de algodão.

 

g) Calçados: Minha paixão! Na gravidez comprei e ganhei muitos calçados. Tênis, mocassim, pantufas, botinhas, pantufas de tricô, de bichinho, vários. Mas, com certeza esse é o item que o bebê menos utiliza no início, pois não saímos muito com o bebê logo que ele nasce e se saímos são passeios rápidos. Em casa é mais difícil utilizar, como falei várias vezes, eles precisam de conforto e um tênis pesado não ajuda muito.

Sandálias são ótimas para o verão, mas para usar depois que eles crescem um pouco.

Lembram o que eu falei no início sobre comprar os itens que mais amamos? Pois eh, os meus são calçados! Sou absurdamente louca por eles, mesmo não usando muito não me arrependo de ter comprado, pois fico boba admirando o Francisco com eles (mesmo que coloco e em 5 minutos ele tira).

O que mais usei foram pantufas, das marcas Baby Chocolate, Zip Toys, olha quem está falando, e umas meias com bichinhos que parecem pantufas, da marca pimpolho e umas da China (AliExpress). Indico todas, super confortáveis.

Enxoval de Bebê

 (Essas foram as pantufas e meias que mais usei)

 

h) Meias: Comprei várias meias RN, usei muitooo, mas recomendo não comprar apenas de um tamanho. O pezinho do Francisco, por exemplo, cresce rápido, então ele perde as meias com facilidade. Compre um pouco de cada tamanho, pois é um item que usamos em todas as estações.

Sugestão: Compre meias brancas ou só de uma cor para usar com os calçados. No meu enxoval comprei de todas as cores, menos brancas e foi o que faltou.

 

i) Babadores: Os meus preferidos sempre foram os de tecidos, com botão de pressão para fechar, ou velcro, enfim, fáceis e práticos para colocar no bebê. Mas, hoje que o Francisco começou a comer alimentos sólidos (e a se sujar de verdade), estou gostando muito dos babadores  de poliéster, plástico ou silicone, pois para limpar é muito fácil, é só passar um pano ou esfregar com água e está limpo, pronto pra outra! Outra vantagem é que esses babadores você não precisa ter muitos itens, pois como a higienização é prática sempre terá um limpo.

Os babadores de tecido são muito confortáveis, sem dúvida, mas na alimentação de sólidos, não são tão práticos, sujam, mancham, é difícil de lavar, de esfregar, é necessário ter vários itens e ainda tem que esperar secar (mas mesmo assim eu adorooo!).

 Os babadores que amarram no pescoço do bebê aqui em casa não funcionaram, pois o Francisco não me deixa colocar, chora, puxa, sem falar que arranha o pescoço pelo tecido ser mais firme, mais duro, não recomendo.

Tecido:

Enxoval de Bebê

Poliéster e Silicone:

Enxoval de Bebê

 

j) Para finalizar… Saída maternidade – Primeiras Roupas:

As primeiras roupinhas que vestimos no bebê com certeza se tornam lembranças muito especiais. Guardei com carinho e toda vez que olho para elas relembro momentos únicos (a primeira vez que eu vi meu filho, a primeira vez que o amamentei, e muitos outros).

Invista em algo que você goste, sejam os tradicionais conjuntos ou itens separados. Escolhi essa opção, comprar os itens separados, pois a maioria dos conjuntos que encontrei eram caríssimos e eu não iria usar muitas vezes, achei um item desnecessário.

Dica: Pesquise muitas e diversas marcas, conheça os tecidos e escolha algo que caiba no seu orçamento, lindo, mas também confortável. Existem muitas opções.

 Enxoval de Bebê

(Todos esses exemplos de Saída Maternidade são da marca Noruega Baby)

 

3- Algumas marcas que já usei/uso e recomendo para quem está iniciando e montando o enxoval de bebê:

Com certeza Get Baby é a minha preferida. Usei muitooo nos primeiros meses e uso muitooo agora. É o meu tecido preferido (Stica, Stica), superr macio e divertido. Recomendo e vou fazer uma resenha sobre as peças.

Grow Up: A linha algodão egípcio é maravilhosa. Eu amo!

Noruega Baby: Estilo homenzinho, perfeito!

Tigor T. Tigre: Usei muito nos primeiros meses e uso até hoje, os bodys, calças, macacões, super macios. Recomendo!

Tip Top: Encontrei vários bodies no tamanho RN, bem pequenos e e confortáveis.

Baby chocolate: Minha pantufa preferida e as embalagens mais fofas de roupas que conheço.

Olha quem está falando: Me empolguei na gravidez e comprei vários bodies com frases fofas. As peças são de qualidade, tecido macio (mais grosso) e duradouro.

Bicho molhado: O valor das roupa é atrativo. As calças são melhores que os bodies (engraçado neh?). São macias e muito lindas. Os bodies são bons, mas não duram muito e o tecido é mais grosso, mais firme. Usei bastante.

Hering Baby: Adoro as peças, são lindas, gostosas de usar e o preço também é bom. Recomendo!

Paraíso Baby: Tenho várias roupas e acessórios, o preço é bem variado. O que me chama atenção na marca é o estilo bebê mesmo das roupas, eu gosto disso.

Baby Classic: O tecido das roupas é muito macio e tem várias peças em tons claros e lindos.

Small Paul: Tenho alguns bodies dessa marca, colorido e de qualidade.

Bibe: O macacão -com gravata- de inverno mais fofo que comprei. Gosto do estilo das roupas.

Zig Mundi: Todas as peças que eu tenho dessa marca eu adoro. Ótima qualidade, bem duradoura.

Green: Estou encantada com o estilo diferente e divertido da marca, vale a pena conferir.

Small Paul: Tenho alguns bodies dessa marca, colorido e de qualidade.

Moricato: É um site totalmente personalizável que descobrimos há algum tempo. Com vários tipos de estampa, muito variado, (filmes, série, bandas, desenhos, etc) é possível personalizar como quiser. Francisco tem váriooos bodies. O tecido é 100% algodão, mas não estica, é aquele algodão firme, recomendo sempre comprar um número maior que os outros.

Tommy Hilfiger Baby: Nem preciso comentar neh? Tudo lindo, confortável e muito homenzinho.

Carter’s: Usei alguns macacões de inverno e super aprovei. Com certeza nesse inverno vou investir novamente nessa marca. O tecido das peças é super confortável, a queridinha de muitas mamães.

Beth Bebê e Baby Sol:  Só usei as roupas de verão e foram aquelas peças lindas, mas meio desconfortáveis.

Babadores:  Gummi (Bandanas), Classic for Baby, Nuk, Skip Hop e Carter’s.

PS: Tem algumas marcas que são muito difíceis de encontrar, onde só existem lojas em determinadas cidades, sem venda online, por isso não mencionei.

 

Enfim, essas são algumas marcas que usei/uso e aprovei (vou fazer resenhas das preferidas). Se eu lembrar de mais alguma escrevo no próximo post sobre o assunto.

 

E vocês mamães, quais suas dicas?

 

Até o próximo post com as demais partes do enxoval!

 

Beijinhos!

 



1 comentário  •  58



1 Comentário em "Iniciando e Montando o Enxoval de Bebê (Parte I)"

avatar
mais novos mais antigos mais votados
Natalina S. B. da Silva
Visitante
Natalina S. B. da Silva

Dicas maravilhosas, acompanhei de perto e posso afirmar que podemos seguir estas dicas maravilhosas…