Desenvolvimento do bebê: O primeiro ano do Antônio

Compartilhar

Olá pessoal!

 

Hoje, é um dia muito especial, pois nosso Antônio completa 1 ano! E ele foi eleito o bebê mais simpático e alegre desse mundo!  Nosso docinho!

Para comemorar o seu dia (e atualizar vocês sobre tudo que passou) vou contar um pouco sobre ele, seus gostos e seu desenvolvimento:

 

Curiosidades, personalidade e gostos:

  • Antônio é muito emotivo, simpático, amoroso, querido e tudo que for fofo. Ao mesmo tempo, ele é bravo, exigente, cheio de opiniões e vontades. Ele é do signo de câncer (entendem o emotivo agora? Aliás, já fiz um post sobre o signo dos bebês, clique aqui para ler);
  • Não tem nenhum dentinho (ontem -02/07/2017- começou a inchar a gengiva inferior);
  • Ama, idolatra (e pede o dia todo fazendo gestos com a mão) o pintinho amarelinho (inclusive já virou seu apelido);
  • Ama bolas (cabos de celular, fios em geral, fechaduras, chaves, portas, etc. );
  • Ama o irmão e ama interagir com outras crianças;
  • É extremamente ativo e aventureiro (Deus me dê paciência no futuro hehe…);
  • Ama brincar e ficar o dia todo no chão.
  • Antônio dorme a noite toda e em uma cama montessoriana desde os 4 meses (igual ao irmão);
  • “Sua frase de cabeceira”: “A vida é feita para ser vivida (amada, curtida, aplaudida, cheia de pessoas, de amor, felicidade, amigos, gentileza, quanto mais gente e festa melhor)”.

 

Sobre o seu desenvolvimento:

Antônio desde que nasceu é muito esperto. Com 1 mês ele já nos seguia com o olhar (desde que nasceu na verdade), já levantada e movimentava a cabeça. Respondia a estímulos sonoros e movimentava muito o corpo quando falávamos com ele. Ele começou a sorrir, desenvolvei o “sorriso social” (diferente de quando nascem que é involuntário);

Com 2 meses ele já sorria muito(observem na foto); E já levantava a cabeça quando deitávamos ele de barriga para baixo. Já começou a dar pequenos gritos e fazer sons;

Com 3 meses ele já se movimentava totalmente, olhava para todos os lados, levantava a cabeça (desde que nasceu já tentava), parecia um bebê de 6 meses hehe…

Com 4 meses ele já começou a segurar a mamadeira e a chupeta sozinho. Começou a desenvolver os movimentos finos. Já começou a brincar (o incentivei desde o 2 mês, conforme eu percebi que ele tinha vontade de pegar e observar as coisas); Antônio já tentava firmar as perninhas nessa idade.

Com 5 meses procurava e pegava sozinho a chupeta perdida na cama.  Mordia, segurava e brincava com os pés;

Com 6 meses, ele disse: mama. Antônio prestava muita atenção na nossa boca quando falávamos, ele tinha vontade aprender. Começou a sentar com apoio;  Ele rolava, se arrastava pelo chão (parecia uma cobrinha); Começou a comer alimentos sólidos exatamente aos 6 meses. Antônio resistiu no início comida salgada, amava e tinha preferência por frutas. Até hoje não gosta (e também não incentivei) a tomar suco. Já fazia os movimentos de tchau;

Com 7 meses e meio ele sentou sozinho. Intensificou os sons e já brincava sozinho no chão, conseguia puxar e mexer nos objetos. Começou a apontar com o dedo para os objetos e a pedir “mamam” para comida ou quando sentia fome. Sua pinça (movimentos de pegar objetos com dois dedos) foi ficando cada vez mais eficiente. Já conseguia pegar objetos pequenos do chão (sujeiras mesmo hehe), mas ainda caia da mão. Começou a desenvolver vários sons com a boca.

Com 8 meses ele já falava várias coisas: “mama”, “tatai” (papai”), “Tata”, etc; Tudo para ele era igual (tata), mas logo começou a distinguir e especificar as pessoas e a forma de chamar. Desenvolveu perfeitamente o movimento de pinça (que já estava aperfeiçoando desde o 6 mês). Ele começou a pegar todas as coisas do chão (sujeiras) e colocar na boca. Intensificou os sons (bruuuu com a língua e outros);

Com 9 meses ele começou a engatinhar (mas, se arrastava como “cobrinha” desde o sexto mês). Também, começou a brincar com carrinhos da forma correta, anda com eles e imitar o som (isso iniciou um pouco antes dos 9 meses até);

Com 10 meses ele já ficava firme em pé e falava mais palavras (nome das frutas e outros) e fazia novos sons com a boca. Já entendia tudo que conversávamos ou falávamos com ele. Já respondia e obedecia comandos:  “me entrega”, “devolve”, “da para o mano”, “não faça isso”, “vem aqui”, etc. Aprendeu a fazer o movimento do não com a cabeça. Aprendeu a gesticular a música do pintinho amarelinho com a mão (batendo indicador na palma da mão).

Com 11 meses falava: “atati” (abacate), “gata” (gata animal mesmo), número “teis”, “eca”, “bobó” (vovó), “nanana” (banana), “titi   “ (mama/leite).  Enfim. tenta falar tudo que lhe instiga ou interessa. Se insistirmos nas palavras que ele não sabe encontra um jeito de falar. Entende e obedece a comandos e muitas vezes não faz o que pedimos para nos provocar. Ele já conhece o que não pode e o que nos deixa bravos. Muitas vezes utiliza esses pontos fracos para chamar atenção. No início do mês aprendeu a mandar beijo com a mão e imitar o som dos índios (uuuu batendo a mão na boca).

 

  • Antônio é extremamente comunicativo, adora interagir. Ama pessoas e estar em público, seja ou estranhos. Não para até não chamar atenção de quem estiver no mesmo ambiente que ele. Ele é ligado nas pessoas e não apenas em objetos ou na TV;
  • É uma criança que exige atenção, carinho, reconhecimento (canceriano né hehe). Tudo que ele faz procura/busca nosso olhar para compartilhar. Ele precisa de muito amor para viver e ser feliz!
  • Responde instantaneamente pelo nome quando é chamado desde que nasceu (quando falei seu nome durante o parto ele rapidamente parou de chorar e olhou para mim);
  • Entende a funcionalidade dos brinquedos e dos objetos. Explora muito bem o ambiente. Quer conhecer tudo e descobrir para que servem as coisas. Não desiste facilmente de um desafio. Se não conseguir de uma forma, tenta de outra.
  • Entende emoções e expressões: quando estamos xingando, quando estamos bravos. Felizes, alegres, tristes, etc. Inclusive, se magoa com palavras ou tons rudes;
  • Sente espontaneamente vontade de compartilhar, de dividir, aliás, ele adora dividir. Quando o Francisco quer algo (mesmo que não peça), ele já entende. Ele é muito sensível as emoções alheias. Quando encontra algo no chão ele nos entrega e sempre quer dividir a chupeta com as outras pessoas;
  • Desde que ele nasceu olha nos olhos enquanto mama ou quando falamos com ele. Sempre nos responde com o olhar;

 

Antônio não tem nenhum atraso no seu desenvolvimento motor e psico-social.

Nasceu de 39 semanas, no dia 03/07/2016 ás 10:12 da manhã de parto cesárea (mas, ele escolheu o dia que desejou nascer). Nasceu com 3.155 kg e 49,5 cm. Tirou nota 10 no primeiro minuto de vida e novamente nota 10 depois de 5 minutos (no teste de Apgar). Antônio sempre seguiu a tabela de peso e altura da forma correta. Hoje pesa quase ou 10 Kg (e o ideal para sua idade é 9.800 kg).

 

Feliz aniversário para o nosso pequeno e sorridente Antônio!

Mamãe, papai e Francisco desejam muita felicidade, amor, carinho, chocolates, bolos quentinhos, conquistas, felicidade, saúde, aprendizado, enfim, tudo que existe de mais lindo, gostoso e perfeito nesse mundo! Você é nosso precioso, você nos tornou completos! Obrigada querido!

 

Beijinhos!

Comente!  •  12



Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz