A saúde bucal pode afetar a gravidez

A saúde bucal pode afetar a gravidez?

Bom dia mamães, hoje o Post é especial para quem está pensando, tentando ou já está grávida!

Vou “falar” um pouco sobre um assunto que geralmente quando pensamos ou planejamos engravidar não associamos ao pré-natal, simplesmente por falta de costume ou conhecimento.

Comigo foi assim, apenas quando eu engravidei e comecei a me informar sobre os cuidados importantes eu descobri que ir ao dentista também era essencial.
Fui ao dentista do 3° ao 6 mês de gravidez. A minha boca ficou muito sensível devido as (milhões) de mudanças hormonais e isso acabou originando vários desgastes. Tive que adotar alguns hábitos e novos cuidados para prevenir as terríveis gengivites, caries, etc.

No início eu sentia medos e dúvidas sobre algumas coisas, como por exemplo: se eu poderia fazer anestesia durante a gravidez (pode e eu fiz várias). Quando era o melhor momento para começar a ir ao dentista. Enfim, apenas depois de consultar com um profissional e tirar todas as minhas dúvidas eu fiquei tranquila.

Depois que eu publiquei o Post “Planejando a Gravidez” (esse aqui) várias mamães comentaram que também nunca haviam pensando nesse assunto, que além de ir ao ginecologista na gravidez, deveríamos ir ao dentista. Então, eu achei interessante fazer um novo post, um informativo um pouco mais completo, com dicas de especialistas sobre o assunto!

 

A saúde bucal pode afetar a gravidez?

 

A dúvida sobre a saúde bucal na gravidez vem gerando muitas discussões entre as mamães. Existem cada dia mais evidências que sugerem a existência de uma relação entre as enfermidades gengivais e os nascimentos prematuros, e alguns casos de bebês que nascem com o peso abaixo do normal.
As gestantes portadoras de doenças gengivais têm maior propensão a dar à luz a bebês prematuros e abaixo do peso normal. Claro, que ainda são só especulações, ainda estão sendo estudados esses casos, para que se estabeleça de que maneira as enfermidades gengivais afetam a gestação. Acredita-se que essas doenças podem aumentam os níveis dos fluidos biológicos que estimulam o trabalho de parto.

Muitas grávidas perguntam o que fazer então, para garantir uma gravidez saudável, juntamente com a sua saúde bucal?

  • Primeiramente, procure um dentista, só ele irá poder avaliar a sua saúde bucal e dizer o que precisa ou não ser feito, para que você possa engravidar sem problemas.
  • Durante a gestação, seus dentes e gengivas precisam de cuidados especiais. Uma higiene bucal adequada, o uso diário do fio dental, uma alimentação equilibrada e visitas periódicas ao dentista são pequenos gestos que ajudam a reduzir os problemas dentários que possam lhe acompanhar na gestação.
  • Outro problema que vem aparecendo em algumas grávidas são as gengivites, que ocorre com acúmulo de placa bacteriana que se deposita nos dentes irritando a gengiva. Por isso é fundamental que você mantenha seus dentes sempre limpos, especialmente na região do colo dentário, área em que a gengiva e os dentes se encontram, você pode reduzir ou até evitar a gengivite durante a gravidez.

Algumas gestantes não sabem o que esperar da primeira consulta com um dentista, já que o habitual é se consultarem com um ginecologista. Além das visitas ao seu ginecologista, é importante que você passe por vários especialistas, inclusive o dentista. Quando chegar o momento da consulta, não deixe de informar o dentista que você está grávida.
É aconselhado marcar essa consulta entre o quarto e sexto mês de gravidez, porque os três primeiros meses são os mais importantes no desenvolvimento da criança. No último trimestre da gravidez, o estresse associado com a consulta ao dentista pode aumentar a incidência de complicações pré-natais. Em alguns casos, radiografias, anestésicos dentais, medicação contra a dor e antibióticos não são receitados durante o primeiro trimestre da gravidez, a não ser que sejam absolutamente necessários. Além do que, sentar-se em uma cadeira de dentista nos últimos três meses da gestação pode ser algo muito desconfortável.
Caso você precise realizar uma consulta de emergência, avise o consultório, antes de chegar lá, que você está grávida. Informe a respeito de qualquer tensão que estiver sofrendo, abortos naturais anteriores e medicamentos que esteja tomando.
É bem provável que seu dentista entre em contato com seu médico, antes de iniciar qualquer tratamento. Todo cuidado com o seu bebê é imprescindível, assim como o cuidado com a sua saúde bucal.

*Informações cedidas pela Agência St.

Mamães e futuras mamães, vocês foram ao dentista? Já pensaram sobre esse assunto? Deixem suas opiniões, elas são importantes para nós!

 

Beijinhos!


Comente!  •  18



Seja o Primeiro a Comentar!

avatar