Chupeta amiga ou inimiga?

Chupeta amiga ou inimiga?

Essa é uma “dúvida cruel”, pois em geral as principais razões que levam os pais a oferecê-la são acalmar a criança e ajudá-la a dormir.

E para dificultar, vem outra dúvida, o uso da chupeta interfere no sono? A verdade é que ainda existe bastante controvérsia a respeito do seu uso.

Vantagens e desvantagens

Existem casos que crianças que usam chupeta logo que nascem acabam mamando por menos tempo, isso pode acontecer porque sugar o peito é muito diferente de sugar uma chupeta.

Para mamar no peito o bebê utiliza músculos diferentes daqueles necessários para sugar a chupeta.

Em contra partida, existem estudos apontando sobre os benefícios como no manejo da dor em recém-nascidos, pois o seu uso pode ser adotado como forma de confortar o bebê quando submetido a procedimentos dolorosos ou estressantes.

Benéficos relacionados a momentos de agitação, irritação ou choro intenso, na diminuição do tempo de hospitalização de prematuros, e muitos estudos têm mostrado ainda que pode ser um fator protetor, diminuindo as chances para a Síndrome da Morte Súbita do Lactante (SMSL).

A chupeta realmente para algumas ajuda no adormecer e para outras é um verdadeiro problema, pois toda vez que ela cai os pais precisam colocar novamente. Então, para esses pais recomendo que retirem o mais cedo possível.

Alguns pais que decidem usar não se importam em passar os primeiros meses recolocando a chupeta e assim que o bebê aprender a segurá-la ele mesmo a recoloca.

Também, para os que gostam da chupeta existem algumas estratégias, como, só utilizar para dormir, tanto nas sonecas como na noite, durante o dia limitar o uso ou até logo após o adormecer retirar.

Oferecer ao bebê apenas depois que a amamentação estiver consolidada. Comprar chupetas que brilham no escuro para facilitar na noite e retirar o uso antes dos 2 anos.

Enfim, existem pais que amam e pais que odeiam e isso está ligado ao manejo e perfil de cada um.

Assim, o mais prudente é tentar individualizar esta indicação. Cada caso é um caso e o quanto ela ajuda e atrapalha deve ser avaliado no dia a dia. O importante é pensar no assunto e seguir seu coração!♥️

Até mais!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments