“Ele só quer dormir no colo não aguento mais”

“Ele só quer dormir no colo não aguento mais”

Essa situação só passa a “ser um problema” quando a mãe e o pai não aguentam mais. A maior dificuldade aqui é saber como lidar com o bebê que dorme no colo.

Seja pelo peso do bebê, por acordar a cada 2 horas a noite para voltar para o colo ou pela segurança do bebê (a mãe acaba dormindo com ele no colo a noite toda correndo risco de ele cair do colo).

Caso você queira ensinar seu bebê a dormir em vários locais, existem muitas formas de começar essa transição e todas estão corretas desde que você se sinta bem com o que está fazendo.

Se você tem dificuldade de lidar com o choro, pode começar a segurar seu bebê no colo e tentar fazê-lo dormir sem balanço nos primeiros dias, mas ainda no colo.

Depois, você pode começar a deitar ao lado dele na cama e lhe dar todo amor e todo suporte.

Se ele chorar mesmo aconchegado em você significa apenas que ele está estranhando dormir de outra forma, aliás, é a única que ele conhece!

O importante é dar todo amor e todo suporte que seu bebê precisar. Fique com ele. Mostre que você está presente lhe abraçado e lhe dando carinho.

Passar segurança

Faça tudo com paciência e amor, sem abandono, sem maldades e sem sofrimento.

Aliás, sempre ressalto que um bebê para aprender a dormir melhor não precisa sofrer e chorar sozinho em um ambiente em que ele ainda não conhece. Pelo contrário, ele precisa se sentir seguro.

Na próxima semana quando ele se adaptar a cama comece a sentar ao lado dele apenas ou já comece a fazer ele dormir diretamente no berço.

O importante é fazer isso com amor, mostrando ao bebê que dorme no colo que existem outras formas de dormir. Lembrando que você precisa se sentir segura e tranquila para isso funcionar, seu bebê sente as suas emoções e a sua voz, o seu carinho são mais poderosos do que qualquer balanço, carrinho ou som.

Os 3 primeiros dias serão mais difíceis e ele poderá demorar de 1 a 2 horas para pegar no sono, como em qualquer mudança de hábitos.

Essa transição completa pode demorar de 15 até 60 dias, o importante é não desistir e encontrar uma forma que fique confortável para toda família.

Desenvolva segurança, uma rotina segura, um ritual do sono gostoso e logo esse momento será o mais esperado do dia.

Você gostou do nosso post? Então, talvez possa se interessar pelos seguintes posts sobre o tema sono infantil:

O que é higiene do sono?
O que são bons hábitos de sono?
Como melhorar a qualidade do meu sono?

Até mais!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments