O que é pressão do sono?

O que é pressão do sono?

 

Como já conversamos por aqui em outras postagens a melatonina avisa o corpo que a hora de dormir chegou, porém ela não é a total responsável por sentirmos sono. Existe uma substância chamada Adenosina, que chamamos de “pressão de sono” ou “sono acumulado”.

Essa substância vai se acumulando ao longo do dia em nosso organismo e causando uma pressão para irmos dormir após estarmos 12 a 16 horas acordados. Quando ela chega em seu limite não conseguimos mais segurar os olhos abertos de tanto sono.

Porém, devido a imaturidade de todo sistema do bebê/crianças e da intensa fase de desenvolvimentos essa pressão de sono é diferente em cada idade.

 

Diferenças por faixa etária:

 

Por exemplo: Um bebê de 8 meses, aguenta ficar acordado no máximo 3 horas, já uma criança de 2 anos precisa ficar acordada 5 horas para conseguir dormir, para ter essa “pressão de sono”.

E aqui vale uma observação, se essa criança de 2 anos precisa dormir na hora em que ocorre a maior produção de melatonina para ter um sono de qualidade, que seria entre as 19h00 até no máximo 20h00.

Então, a sua soneca precisa ocorrer no máximo até as 14h00, pois ela demora 5 horas para sentir sono novamente.

Esse processo começa a diminuir aos poucos nos primeiros anos, até a criança consolidar o sono diurno passando a ficar mais tempo acordada.

O nosso relógio biológico (nosso núcleo supraquiasmático) cria um ritmo de dia e noite, fazendo com que a gente se sinta cansado ou disposto em momentos regulares.

O cortisol avisa o nosso corpo qual é a hora de acordar e a melatonina qual é a hora de dormir, formando esse ritmo.

E quanto mais tempo ficamos acordados vamos criando uma “pressão de sono” (acúmulo de adenosina no organismo). Enfim, é o equilíbrio entre o “ritmo circadiano” e a “pressão do sono” que nos faz sentir sono e dormir.

A união desses dois fatores (que ocorrem de forma independente) nos dita o quanto estamos dispostos ou cansados, sonolentos e prontos para ir dormir.

 

Até mais!

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments